O que significa Sophia (Sofia)

Sophia

Personificação da sabedoria (em grego: Σοφια – “Sophia”)
Na Biblioteca de Éfeso, Turquia

Sophia (em grego: Σοφία) é aquilo que detém o “sábio” (em grego: σοφός; “sofós”). Na tradição gnóstica, Sophia é uma figura feminina, análoga à alma humana e simultaneamente um dos aspectos femininos de Deus. Os gnósticos afirmam que ela é a sizígia de Jesus (veja a Noiva de Cristo) e o Espírito Santo da Trindade. Ocasionalmente é referenciada pelo equivalente hebreu Achamōth (em grego: Ἀχαμώθ) e como Prouneikos (em grego: Προύνικος, “A Libidinosa”). Nos textos da Biblioteca de Nag Hammadi, Sophia é o mais baixo dos Aeons ou a expressão antrópica da emanação da luz de Deus[1].

Ela é considerada como a responsável pela criação do mundo material, ou uma das responsáveis, dependendo da tradição gnóstica.

Mitos de Sophia

Quase todos os sistemas gnósticos do tipo siríaco ou egípcio ensinaram que o universo iniciou com um original, impenetrável (ou incognoscível) Deus, chamado de “Pai” ou Bythos, ou como Mônade por Monoimus. Ele também pode ser equiparado ao conceito de Logos em termos estóicos, esotéricos ou teosóficos (a ‘Raiz Desconhecida’), assim como ao Ein Sof daKabbalah e Brahma no Hinduísmo. Deste começo unitário, o Uno emanou Aeons adicionais, em pares de seres progressivamente ‘menores’ em sequência. Em conjunto com a fonte que os emanou, eles formam o Pleroma – totalidade – de Deus que, portanto, não deve ser entendido como algo distinto do divino, mas abstrações simbólicas da natureza divina. A transição do imaterial para o material, do numenal ao sensível, foi causado por uma falha – ou paixão ou pecado – em um dos Aeons[1]. Na maior parte das versões dos mitos gnósticos, é Sophia que traz instabilidade ao Pleroma, o que por sua vez provoca a criação da matéria. Assim, uma visão positiva ou negativa do mundo depende, em grande medida, da interpretação das ações de Sophia na mitologia. De acordo com alguns textos, a crise ocorreu como resultado de Sophia ter tentado emanar sem sua sizígia ou, em outra tradição, por que ela tentou quebrar a barreira entre ela e o Impenetrável Bythos. Após cair cataclismicamente do Pleroma, o medo e a angústia de Sophia por ter perdido sua vida (assim como ter perdido a luz do Uno) deixou-a confusa e com uma saudade incontrolável. Por causa dela, matéria (hylē’, em grego: ὕλη) e alma (psychē, em grego: ψυχή) acidentalmente foram criadas[1]. A criação do Demiurgo (também chamado Yaldabaoth, “Filho do Caos”) também foi um erro ocorrido durante este exílio. O Demiurgo prossegue a criação do mundo físico onde vivemos, ignorante da existência de Sophia, que ainda assim consegue infundir alguma fagulha espiritual (Pneuma, em grego: πνευμα) na criação dele[1]. Em Pistis Sophia[2], Cristo é enviado pelo Uno para trazer Sophia de volta à totalidade (Pleroma). Ele a habilita a ver novamente a luz, dando-lhe o conhecimento do espírito (Pneuma). Cristo é então enviado à Terra na forma de um homem (Jesus) para dar aos homens a Gnose necessária para que se libertem do mundo físico e retornem para o mundo espirítual. Para os gnósticos, o drama da redenção de Sophia através do Cristo (ou o Logos) é o drama central do universo.

Livro dos Provérbios

A filosofia religiosa judaica se ocupou muito com o conceito da divina Sophia, como uma revelação do pensamento interno de Deus e atribuiu a ela não somente a formação e ordenação do universo natural[3] como também a comunicação de toda percepção e conhecimento à humanidade. Em Provérbios 8:1 e seguintes, Sabedoria (substantivo feminino) é descrita como conselheira de Deus que habitava dentro dele antes da Criação do mundo e que faz muitas coisas diante Dele. De acordo com a descrição dada no Livro dos Provérbios, uma morada foi atribuída a Sophia pelos gnósticos e a sua relação com o mundo superior e também com os sete poderes planetários abaixo dela. As sete esferas planetárias (ou céus) eram para os antigos as regiões mais altas do universo criado. Eles eram entendidos como sete círculos subindo um sobre o outro e dominado por sete arcontes. Juntos, estes círculos constituíam a Hebdomad. Acima do mais alto, e sobre ela, estava a Ogdóade, a esfera de imutabilidade, e que estava próximado mundo espiritual[4]. Diz Provérbios:

«A sabedoria edificou a sua casa, Cortou as suas sete colunas;» (Provérbios 9:1)[5]

Estes sete pilares foram interpretados como sendo os céus planetários e a morada de Sophia foi colocada acima da Hebdomad, na Ogdóade[6]. O livro bíblico diz ainda sobre a mesma sabedoria divina:

«No cume das alturas junto ao caminho, Nas encruzilhadas ela se coloca;» (Provérbios 8:2)[5]

Na interpretação gnóstica, isso significa que Sophia tinha sua morada “no cume das alturas”, sobre o universo criado, no lugar do “meio”, entre o mundo superior e o inferior, entre o Pleroma e a ektismena. Ela se senta “Junto às portas, à entrada da cidade”, ou seja, nas vias de aproximação aos reinos dos sete Arcontes e é na “entrada” do reino superior de luz que recebe seus elogios. A Sophia (Sabedoria) é portanto o governante superior sobre o universo visível e, ao mesmo tempo, a intermediária entre os reinos. Ela dá forma ao universo mundano com base nos protótipos celestes e forma os sete ciclos estelares com seus Arcontes e sob o domínio deles é colocado – de acordo com as concepções astrológicas da antiguidade – o destino de todas as coisas terrenas, especialmente o homem. Ela é a “Mãe” ou a “Mãe da Vida”[7]. Tendo vindo das alturas, ela é formada pela essência pneumática, amētēr phōteinē[8] or the anō dynamis,[9] da qual todas as almas pneumáticas se originam.

Queda

Tentando reconciliar a doutrina da natureza pneumática de Sophia com a morada atribuída a ela nos Provérbios, no reino do “meio”, fora portanto do reino superior de luz, foi imaginada uma queda de Sophia de sua morada celeste, o Pleroma, até o vazio (kenōma) abaixo dele. A idéia era a de um confisco ou roubo da luz, ou uma explosão e difusão do “orvalho da luz” até o kenōma, causado por um movimento criador de vida (vivificador) no mundo superior. Porém, ainda que a luz trazida até a escuridão deste mundo tenha sido compreendida e descrita como envolvida em sofrimento, este deve ser considerado como uma punição. Esta inferência é apoiada ainda pela noção platônica de queda espiritual.

Mitos da Alma

Alienadas de sua morada celeste por sua própria falta, as almas afundaram neste mundo inferior sem ter perdido de todo a lembrança de seu estado original. E, preenchidas pela saudade de sua herança perdida, estas almas caídas ainda se esforçam para subir. Desta forma, o Mito da queda de Sophia pode ser entendido como tendo um significado particular. O destino da “Mãe” foi considerado como protótipo do que seria repetido na história de cada alma individual, que, sendo de origem pneumática celeste, caíram de sua morada – um mundo superior de luz – e acabaram sob a influência de poderes malignos, de quem elas precisam aturar uma longa série de sofrimentos até que um retorno ao mundo superior lhes seja novamente possível. Mais ainda que, de acordo com a filosofia platônica, almas caídas ainda retenham a lembrança de sua morada perdida, esta noção foi preservada de outra forma nos círculos gnósticos. Ensinava-se que as almas dos pneumatici (detentores da Pneuma), tendo perdido a lembrança de sua derivação celeste, precisavam novamente se familiarizar com a Gnose, ou conhecimento desta essência pneumática, para que pudessem retornar à luz. E é nesta obtenção da Gnose que consiste a redenção trazida e confirmada por Cristo. Ensinava-se também que Sophia também precisava da redenção trazida por Cristo, por quem ela seria libertada de sua agnoia e sua pathe, e será, no fim do mundo, novamente trazida de volta à sua morada há muito perdida, o Pleroma superior.

Gnosticismo Siríaco

O Mito de Sophia sofreu uma série de tratamentos nos vários sistemas gnósticos. O mais antigo, o Gnosticismo siríaco, se refere a Sophia como a formação do mundo inferior e a produção de seus regentes, os Arcontes, e também atribui a ela a preservação e propagação da semente espiritual.

Como descrito por Ireneu, a grande Mãe do universo aparece como a primeira mulher, o Espírito Santo (rūha d’qudshā) se movendo sobre as águas, também chamada de Mãe da Vida. Abaixo dela estão quatro elementos materiais: água, escuridão, abismo e caos. Com ela, se fundem as duas luzes supremas masculinas, o primeiro e o segundo homem, o Pai e o Filho, este último sendo chamado de “Ennoia” do Pai. Desta união nasce uma terceira luz imortal, o terceiro homem, Cristo. Mas incapaz de aguentar a abundante plenitude da luz, a Mãe – no nascimento do Cristo – deixa uma parte desta luz escapar para a esquerda. Então, enquanto Cristo, como dexios (O do lado direito) sobe com sua Mãe aos céus, a outra luz que transbordou do lado esquerdo afunda no mundo inferior e lá dá origem à matéria. E esta é a Sophia, chamada também de Aristera (A do lado esquerdo), Prouneikos (A libidinosa) e a masculina-feminina.

Não há neste mito uma compreensão de “queda” propriamente dita, como no sistema valentiniano. O poder que transbordou à esquerda desceu voluntariamente nas águas inferiores, confiando na posse da fagulha da luz verdadeira. Adicionalmente, é evidente que embora mitologicamente diferente da humectatio luminis (ikmas phōtos, em grego: ἰκμὰς φωτός), a Sophia é ainda nada mais que uma fagulha vinda de cima, entrando neste mundo material e se tornando aqui a fonte de toda criação, tanto das formas superiores quanto inferiores de vida. Ela navega sobre as águas e coloca sua até então imóvel massa em movimento, dirigindo-as ao abismo e toma para si a forma corporal de hylē (matéria). Ela viaja por todos os lados e é carregada com todo tipo de peso e substância material até que, com exceção da fagulha da luz, ela afunda e se perde na matéria. Presa ao corpo que ela assumiu e pesada por causa dele, ela luta em vão para escapar das águas profundas e correr para sua mãe celeste, no alto. Não tendo sucesso nesta empreitada, ela procura preservar, pelo menos, a fagulha de luz de ser danificada pelos elementos inferiores, para isso elevando-se por seus próprios poderes até a região mais alta e se espalha por toda ela, formando com seu próprio corpo o firmamento visível, ainda que mantendo sua aquatilis corporis typus (Imagem das Águas). Finalmente, tomada por uma saudade enorme da luz superior, ela encontra em si, depois de muito esforço, o poder de elevar-se acima do céu de sua própria criação e de abandonar complemente sua existência corporal. O corpo abandonado é chamado de “Mulher da Mulher”.

A narrativa prossegue contando sobre a formação dos sete Arcontes pela própria Sophia, sobre a criação do homem, que “a Mãe” (não a primeira mulher, mas Sophia) se utiliza como um estratagema para retirar dos Arcontes sua parte na fagulha de luz, sobre o perpétuo conflito da parte de sua mãe contra os esforços dos egoístas dos Arcontes e sobre a contínua luta de Sophia para recuperar a fagulha de luz escondida na natureza humana. Finalmente, Cristo vem em seu apoio e, em resposta às suas orações, coleta todas as fagulhas para Si, une-se com Sophia como noivo e noiva, desce em Jesus, que tinha sido preparado por Sophia como um “veículo mais puro” para recebê-lo, e retira-se novamente antes da crucificação, ascendendo com Sophia até um mundo imortal[10]. Neste sistema, o significado cosmogônico de Sophia ainda permanece em destaque. A antítese de Cristo e Sophia, como “Ele do lado direito” (ho dexios) e “Ela do lado esquerdo” (hē aristera), como masculino e feminino, não é mais do que a repetição da primeira antítese cosmogônica em outro formato. A Sophia em si nada mais é do que uma cópiada “Mãe da Vida” e é, portanto, chamada “Mãe”. Ela é a formadora do céu e da terra, pois a mera matéria só recebe forma através da luz que, vinda de cima, interpenetrou as águas escuras do hylē.

Prouneikos (“Lasciva”)

No sistema gnóstico descrito por Ireneu em Contra Heresias[11], o nome Prouneikos por várias vezes substitui o de Sophia na história. O nome Prouneikos também é dado a Sophia no relato do sistema irmão borborita, apresentado no capítulo anterior do mesmo livro de Ireneu. Celso, que aparenta ter tido contato com algumas obras ofitas, também mostra familiaridade com o nome Prouneikos (Contra Celso)[12], um nome que Orígenes reconhece como sendo valentiano. Que este nome ofita tenha realmente sido adotado pelos valentianos é evidenciado por sua ocorrência num fragmento valentiano preservado por Epifânio[13]. Ele também introduz Prouneikos como um termo técnico no sistema dos simonianos (seguidores de Simão Mago)[14], a quem ele descreve como estando sob o comando dos nicolaítas[15] e ofitas[16].

Nem Ireneu nem Orígenes indicaram saber algo sobre o significado desta palavra e não temos nenhuma informação melhor sobre o assunto, exceto uma conjectura de Epifânio[17]. Ele afirma que a palavra significa “impudica” ou “lasciva”, pois os gregos tinham um epíteto para um homem que tivesse devassado uma garota, Eprounikeuse tautēn. Porém, Epifânio estava profundamente convencido da podridão da moral gnóstica e frequentemente interpretava a linguagem deles da pior maneira possível. Se a frase reportada fosse realmente popular, é estranho não encontrarmos exemplos do seu uso em comédias de autores gregos. Não se nega que Epifânio tenha ouvido a frase como empregada, mas é possível que palavras inocentes venham a ser usadas em um sentido obsceno.

À favor da explicação de Epifânio está o fato de que nos mitos cosmogônicos gnósticos, imagens de paixão sexual são constantemente introduzidas. Parece no todo provável que Prouneikos deve ser entendido no mesmo sentido de propherēs, que tem como um de seus significados “precoce com relação aos atos sexuais”[18]. É possível que o nome indique as tentativas de Sophia de atrair a fagulha da luz divina dos poderes cósmicos inferiores[19]. No relato de Epifânio[20], a alusão à atração pelo ato sexual que está envolvido no nome se torna mais proeminente.

Mētra (Útero)

Relacionada a Sophia está a noção amplamente difundida entre as seitas gnósticas sobre o impuro mētra (útero) de onde todo o mundo supostamente nasceu. De acordo com os valentianos italianos, o Uno abre o mētra de Sophia caída do Pleroma (enthymēsis – pensamento) e provoca a formação do universo[21], personificando assim o próprio mētra. Epifânio reporta que a cosmologia a seguir é a de um ramo dos nicolaítas:

No início existiam a Escuridão (Trevas), o Caos e as Águas (skotos, kai bythos, kai hydōr), mas o Espírito que vive dentro deles e entre eles os separou. Da miscigenação da Escuridão com o Espírito nasceu o mētra que novamente foi aceso com renovado desejo pelo Espírito; ela deu à luz primeiro a quatro, e então a outros quatro aeons, produzindo assim uma direita e uma esquerda, luz e trevas. Por último nasceu um aischros aiōn, que teve relações sexuais com o mētra. A prole desta relação são os deuses, anjos, demônios e espíritos.
— Epifânio, Panarion, sobre os Nicolaítas[22]

Segundo Hipólito em Philosophumena, os setianos[23] ensinaram que, de maneira similar, da primeira simultaneidade (syndromē) dos três primeiros princípios primais emergiram o céu e terra como uma megalē tis idea sphragidos. Eles têm a forma de um mētra com um Onfalos (umbigo) no meio. O mētra grávido contém em si todos os tipos de formas animais, um “reflexo” do céu e da terra, e todas as substâncias encontradas na região do “meio”. Este mētra também é encontrado na grande Apophasis atribuída a Simão Mago onde ele afirma que o local onde o homem foi formado como sendo o Paraíso e o Éden.

Estas teorias cosmogônicas foram precedidas por Tiamat da mitologia síria, a mãe-da-vida de quem Berossus deve tanto, ou no “mundo-ovo” do qual, quando partido, procederam o céu, a terra e todas as coisas[24].

Gnose de Baruque

Um papel similar ao de mētra é desempenhado por Edem, consorte de Elohim no livro gnóstico Baruque[25], onde aparece como um monstro, com cabeça de mulher e corpo de serpente.

Entre os vinte e quatro anjos que ela dá luz de Elohim e que forma o mundo pelos seus membros, a segunda forma angélica feminina é chamada Achamōs (Achamōth).

Similar a esta história contada no Philosophumena sobre a Gnose de Baruque é a que foi relatada por Epifânio sobre uma festa ofita em que eles inventaram que uma serpente do mundo superior havia tido relações sexuais com a Terra na forma de uma mulher[26].

Achamōth

Tem se debatido se o nome Achamōth (em grego: Ἀχαμώθ) deriva originalmente do hebreu Chokhmah (em hebraico: חָכְמָ֑ה), em aramaico Ḥachmūth, ou se significa ‘Aquela que dá a luz” – “Mãe”[27]. A forma siríaca Ḥachmūth foi utilizada por Bardesanes[28], já a forma grega é encontrada apenas entre os valentianos: o nome provavelmente deriva da mais antiga forma de gnosis siríaca.

Barbeliotas

Muito similar às doutrinas gnósticas relatadas por Ireneu são as crenças dos assim chamados “Barbeliotas”[29]. O nome Barbelo, que de acordo com uma interpretação, é o nome daTétrade superior, originalmente não tinha nada a ver com Sophia.

Segundo eles, Sophia, um Ser posterior, também chamado de Spiritus Sanctus and Prunikos é a prole do primeiro anjo que está ao lado do Monogenes. Sophia vendo que todos os outros tinham sua sizígia dentro do Pleroma, deseja ardentemente encontrar também um consorte para si. Não encontrando nenhum no mundo superior, ela olha para baixo, nas regiões inferiores, e estando ainda insatisfeita, para lá ela desce, contra a vontade do Pai, até as profundezas. Lá ela forma o Demiurgo (o Proarchōn), uma mistura de ignorância e auto-exaltação. Este Ser, por conta dos poderes pneumáticos roubados de sua mãe, segue então criando o mundo inferior. A mãe, por outro lado, foge para as regiões superiores e passa a morar lá, na Ogdóade.

Ofitas

Sophia também aparece na literatura ofita, cujo ‘Diagrama’ é descrito por Celso e Orígenes, assim como entre várias facções gnósticas ofitas mencionadas por Epifânio. Lá, ela é chamada de Sophia ou Prunikos, a mãe superior e o poder superior, e está entronada sobre a Hebdomad (os sete céus planetários) na Ogdóade[30]. Ela também é ocasionalmente chamada Parthenos[31] e, novamente, é identificada como Barbelo ou Barbero[32].

Bardesanes

Mitos cosmogônicos também são parte da doutrina de Bardesanes. O locus foedus onde os deuses (ou Aeons) planejaram e construíram o Paraíso[28] é o mesmo que o impuromētra(útero), que Efrém se envergonhou até de dizer o nome[33]. A criação do mundo aconteceu através do filho “daquele que vive” e de “Rūha d’ Qudshā”, o Espírito Santo, que é idêntico a Ḥachmūth, mas em combinação com “criaturas”, ou seja, seres subordinados que cooperam com eles[34]. Apesar de não estar expressamente indicado, é a inferência mais provável é que assim como a mãe e o pai, também sua prole (filhos “Daquele que Vive” e de Rūha d’ Qudshā ou Ḥachmūth) também devem ser consideradas como Sizígias. Ḥachmūthdá a luz à duas filhas, a “Vergonha da terra seca” (mētra) e à “Imagem das águas” (Aquatilis Corporis typus), que é mencionada ligada à Sophia ofita[28]. Ao dela, numa passagem evidentemente em referência a Bardesanes, ar, fogo, água e escuridão são mencionados como aeons[35]. Estas são provavelmente as “criaturas” a quem, em conjunto com o Filho e Rūha d’ Qudshā, acredita-se que Bardesanes creditou a criação do mundo. Embora muito ainda permaneça obscuro sobre as doutrinas de Bardesanes, não podemos simplesmente descartar os comentários de Ephraim, que continua sendo a mais antiga fonte siríaca para o nosso conhecimento sobre as doutrinas deste gnóstico siríaco. Bardesanes, segundo Ephraim, também falava sobre a esposa ou virgem que tendo caído do Paraíso Superior, oferece, durante seu abandono, preces pedindo ajuda do alto e, sendo ouvida, retorna aos prazeres do Paraíso Superior[28].

Atos de Tomé

Os Atos de Tomé preservaram vários hinos cuja composição é do próprio Bardesanes ou obras de sua escola[36]. Na versão siríaca do texto dos Atos[37], encontramos o Hino da Pérola[38], no qual Sophia foi enviada dos céus para capturar uma pérola guardada pela serpete. Uma vez no mundo inferior, ela se esqueceu de sua missão celeste até que relembrada por uma carta da “mãe, pai e irmão”, executa então a tarefa, recebe de volta suas vestes gloriosas e retorna para sua antiga casa. Dos demais hinos, que estão preservados em grego e são mais fiéis que a versão siríaca, que sofreu uma revisão católica, o primeiro que merece atenção é Ode a Sophia[39], que descreve o casamento de uma “virgem” com o seu noivo celeste e a sua introdução no Reino Superior de Luz. Esta “virgem”, chamada “filha da luz”, não é – como supõe o revisor católico – a Igreja, mas Ḥachmūth (Sophia), acima da qual o “rei”, ou seja, o Pai de toda a vida, está entronado; o noivo dela é, de acordo com a interpretação mais provável, o filho do Vivo (ou “Aquele que Vive”), Cristo. Com ela, os Vivos (as almas pneumáticas) entram no Pleroma e recebem a gloriosa luz do Pai Vivo e o adoram juntamente com o “espírito vivo”, o “pai da verdade” e a “mãe da sabedoria”. A Sophia também é invocada na Primeira Oração de Consagração[40]. Ela é ali chamada de “mãe piedosa”, “consorte do masculino”, “reveladora dos mistérios perfeitos”, “mãe das Sete Casas” (Hebdomad) que “encontra repouso na oitava casa” (Ogdóade). Na segunda Segunda Oração de Consagração[41] ela é chamada de “perfeita Misericórdia” e “Consorte do Masculino”, mas é também chamada de “Espírito Santo” (Rūha d’ Qudshā) “Revelador de Mistérios de toda Magnitude”, “Mãe escondida”, “Aquela que sabe os Mistérios dos Eleitos” e “aquela que participou dos conflitos do nobre Agonistes” (Cristo[42]). Há ainda mais adiante um resquício direto da doutrina de Bardesanes quando ela é invocada como a “Pomba Sagrada” que deu à luz aos dois gêmeos (as duas filhas de Rūha d’ Qudshā)[43].

Simão Mago

Helena de Tróia por Evelyn de Morgan; uma encarnação da Ennoia no sistema de Simão Mago

O Mito da Alma e sua descida até o mundo inferior, com seus vários sofrimentos e mudanças de sorte até a libertação final aparece também no sistema simoniano sob a forma da “Mãe de Todos” é emitida como primeiro pensamento do Hestōs ou poder maior de Deus. Ela geralmente tem o nome de Ennoia, mas também é chamada de Sabedoria (Sophia), Regente, Espírito Santo, Prunikos e Barbelo. Tendo caído dos mais altos céus até as regiões mais profundas, ela cria anjos e arcanjos e estes, por sua vez, criam e governam o universo material. Aprisionada pelo poder deste mundo inferior, suas tentativas de voltar ao reino do Pai são frustradas. De acordo com uma das representações, ela sofre toda sorte de insultos dos anjos e arcanjos, presos à força seguidamente em renovados corpos terrestre e compelidos por séculos a vagar em cada vez numa nova forma corpórea. De acordo com outro relato, ela é em si incapaz de sofrimento, mas é enviada a este mundo inferior e submete-se à perpétuas transformações para excitar com sua beleza os anjos e poderes, para impeli-los a engajarem-se na luta perpétua e assim privá-los do seu estoque da fagulha (luz) celeste. Em algum momneto, Hestōs desce do mais alto céu num corpo fantasmagórico para libertar a Ennoia sofredora e para redimir as almas presas em cativeiro dando-lhes a Gnosis (Conhecimento).

A forma mais frequente de denominar a Ennoia entre os simonianos é “a perdida” ou “ovelha vagante”. As divindades gregas Zeus e Atena já foram interpretados como significando Hestōs e sua Ennoia, e de forma similar, os deuses de Tiro, o deus-sol Herakles-Melkart e a deusa-luaSelene-Astarte. E também a homérica Helena, como sendo a causa da guerra entre os gregos e os troianos, já foi considerada como sendo aEnnoia. A história que os pais da Igreja nos deixaram sobre a relação sexual entre Simão Mago e sua consorte Helena teve provavelmente sua origem nesta interpretação alegórica[44]

Valentim

“Plérome de Valentin,” from Histoire critique du Gnosticisme; Jacques Matter, 1826, Vol. II, Plate II.

O mais importante desenvolvimento do Mito de Sophia é encontrado no sistema valentiano. A queda de Sophia do Pleroma é atribuída à maneira de Platão de “cair”, e como causa final desta queda é apontado um estado de sofrimento que penetrou no próprio Pleroma. Sophia ou Mētēr é, na doutrina de Valentim, o último, ou seja, o décimo-terceiro Aeon no Pleroma, do qual tendo caído, num estado de saudade profunda do mundo melhor que ela perdeu, deu à luz aos Christus “com uma sombra” (meta skias tinos). Enquanto Christus retorna ao Pleroma, Sophia forma o Demiurgoe todo o mundo inferior, criado a partir do skia, um princípio dual de esquerda e direita[45]. Para a redenção de Sophia, ou o próprio Christus[46] ou o Soter[47] descem para ajudá-la a retornar ao Pleroma e uni-la novamente com a seu syzygos. O motivo da queda de Sophia foi definido de acordo com o ensinado pela escola de Anatólia, de que pelo seu desejo de saber o que havia além dos limites do cognoscível, ela se colocou num estado de ignorância e sem forma. Seu sofrimento então se estendeu por todo o Pleroma. Por isso, ela acabou separada dele e deu à luz fora dele (através da sua ennoia, suas lembranças do mundo superior), ao Christus, que imediatamente ascende ao Pleroma. Em seguida, ela produz um ousia amorphos, a imagem de seu sofrimento, do qual o Demiurgo e o mundo inferior se originam. Por fim, olhando para cima em sua condição miserável e implorando pela luz, ela finalmente dá a luz a spermata tēs ekklēsias, as almas pneumáticas. Na sua obra de redenção, o Soter desce, acompanhado por anjos masculinos que deverão se tornar os futuros syzygoi das almas (femininas) dos Pneumatici. Então, ele introduz Sophia e estes Pneumatici na câmara nupcial celeste[48].

Ptolomeu (gnóstico)

A escola italiana destacou uma Sophia dualista, a ano Sophia e a katō Sophia (ou Achamoth). De acordo com a doutrina de Ptolomeu e de seus discípulos, a primeira se separou de sua syzygos, o thelētos, por causa de seu corajoso desejo de uma Comunhão imediata com o Pai de tudo, caiu para uma condição de sofrimento e iria derreter-se totalmente neste desejo, não tivesse Horos a purificado de seu sofrimento e a restabelecido no Pleroma. A sua enthymēsis, por outro lado, o desejo que ganhou controle sobre ela e o sofrimento causado por ele se tornaram um amorphos kai aneideos ousia, que também é chamado de ektrōma, foi separado dela e colocado num lugar além dos limites do Pleroma[49].

Pistis Sophia

Apoteose de Homero. A direita do altar, da esquerda para a direita, História, Poesia, Tragédia e Comédia, então Natureza (Physis), Virtude (Arete), Memória (Mneme), Boa fé (Pistis), Sabedoria (Sophia). Relevo em mármore, provavelmente feito emAlexandria, Egito ptolemaico, 225–205 aC. de Bovillæ na Via Appia.

Um desenvolvimento especial e ricamente escrito aparece na forma mítica de Sophia no livro gnóstico Pistis Sophia[50]. Os dois primeiros livros desta obra, muito bem nomeada Pistis Sophia, tratam em grande parte[51] da queda, arrependimento e redenção de Sophia. Ela tinha, por ordem dos poderes maiores, obtido uma visão breve de sua morada no mundo espiritual, o thēsauros lucis que fica além do décimo terceiro Aeon. Através de seus esforços em direcionar para lá a sua ascensão, ela acaba atraindo a inimizade de Authadēs, Arconte do décimo-terceiro Aeon, e dos Arcontes do décimo-segundo também, que estavam sob ele. Por eles, ela é atraída até as profundezas do caos e atormentada de uma enorme variedade de formas para que perca a sua natureza de luz. No limite de suas necessidades, ela endereça treze preces penitentes (metanoiai) para a Luz Superior. Passo-a-passo ela é erguida até Christus nas regiões mais altas, embora ela ainda esteja ofendida pelos ataques dos Arcontes, e seja, após lhe ser oferecido morada no décimo-terceiro (Metanoia), mais veementemente atacada do que nunca, até que enfim Christus a leva para um lugar intermediário abaixo do décimo-terceiro Aeon, onde ela permanece até o fim do mundo, oferecendo hinos de gratidão aos céus. O trabalho terreno de redenção tendo sido completado, a Sophia então retorna à sua morada celeste.

A característica peculiar desta representação está no desenvolvimento adicional das idéias filosóficas que geralmente já fazem parte do Mito de Sophia. Aqui ela não é meramente, como em Valentim, representativa da saudade que um espírito finito sente pelo conhecimento do infinito, mas também a um tipo de padrão de fé, arrependimento e esperança[52].

Mais um resquício da Sophia dos antigos sistemas gnósticos também pode ser encontrado em Pistis Sophia na figura da “Donzela-Luz” (ou “Donzela de Luz” – parthenos lucis), que é claramente distinta de Sophia e aparece como um arquétipo de Astraea, a constelação de Virgo.

Nag Hammadi

Na obra Sobre a origem do Mundo, Sophia é mostrada como sendo a destruidora final do universo material, Yaldabaoth e todos os seus céus:
Ela [Sophia] irá jogá-los no abismo. Eles [os Arcontes] serão obliterados por conta de sua iniquidade. Pois eles serão como vulcões e consumirão uns aos outros até que perecerão nas mãos do principal entre seus pais. Quando ele os tiver destruído, ele irá se voltar contra si mesmo e se destruirá até que deixe de existir. E seus céus irão cair cada um sobre o próximo e suas forças serão consumidas pelo fogo. Seus reinos eternos também serão derrubados. E seu céu irá cair e partir-se-á em dois. Seus […] irão cair sobre o […] os suporta; eles irão cair no abismo, e o abismo será derrubado. A luz irá […] a escuridão e obliterá-la: será como algo que nunca foi
— Sobre a origem do Mundo[53],

Maniqueísmo

A “Donzela-Luz” (parthenos tou phōtos), de Pistis Sophia, também é encontrada entre os maniqueístas excitando os desejos impuros dos demônios e assim libertando a luz que até então tinha sido aprisionada pelos poderes das trevas[54]. POr outro lado, o lugar da Sophia gnóstica entre os maniqueístas é tomado pela “Mãe da Vida” (mētēr tēs zōēs) e pela World-Soul (psychē hapantōn), que frequentemente se distingue da Mãe-Vida, e é considerada como difundida em todas as criaturas vivas, cuja libertação do reino das trevas constitui toda a história do mundo[55].
Outra versão:

O mito de Sophia

De Sophia, a mãe celestial de todas as coisas vivas, filha do Ser Inefável, nasceu aquele que se tornaria o formador e regente do sistema da criação material. Ela sentiu grande tristeza e angustia quando o gerou, pois estava sozinha em um abismo de trevas e sua luz tinha diminuído. Sophia viu que seu descendente era capaz de mudar de forma. Ela se arrependeu de ter gerado um ser em sua solidão e o chamou Yaldabaoth, a “Ignorância-cega”.
Yaldabaoth (Chronos – e não Cronos, o Titã – para os gregos) foi para o caos e, para aprisionar as partículas divinas emanadas de sua mãe, ao acasalar-se com o daemonium Nebruel (Anaké, para os gregos), elaborou um sistema de criação que era de seu agrado, e dentro dele, gerou doze autoridades, sete regentes do firmamento e cinco regentes do abismo. O Criador (Yaldabaoth, Samael, Yahweh ou IHVH – Iodh Hei Vau Hei-, entre outros) e sua hoste (os regentes ou arcontes) mesclaram, então, luz e trevas, para que as trevas parecessem radiantes e, assim, iludissem os olhos. Essa mescla de trevas e luz resultou num mundo imperfeito e fraco, pois as trevas impediram-no de desenvolver um exército de luz, que poderia protege-lo.
Assim, Yaldabaoth permaneceu no centro do sistema do mundo que ele formara, e se tornou arrogante em seu orgulho, exclamando: “Eu sou Deus e não há outro Deus além de mim!” Dessa forma, ele demonstrou sua ignorância agora do verdadeiro caráter do ser, bem como seu orgulho, pois negou até sua própria mãe. Sophia, no entanto, olhou para ele das alturas e exclamou em voz alta: “proferistes uma falsidade ó Samael!” Foi assim que ele recebeu o nome que o tornara o senhor cego da morte (Samael), e então Sophia o chamou também de Saclas, com o que afirmava a tolice dele.
Sophia, porém, sabendo que sua descendência gerara uma criação a partir de sua própria imagem defeituosa, decidiu ajudar secretamente a luz que estava presente no mundo. Desceu de sua habitação e veio para perto da terra, movendo-se de lá para cá sobre ela, assim outorgando sua sabedoria e amor ao sistema que o tolo criador desenvolvera. Os regentes pensaram que eles, sozinhos, tinham criado e ordenado o mundo, mas o espírito de Sophia contribuiu secretamente para colocar esplêndidos padrões arquetípicos na trama do trabalho deles. Foi quando viram, então, uma grande maravilha que apareceu nos céus: um anjo (Espírito Santo) com a forma de um homem, de visão majestosa e gloriosa. O Demiurgo Yaldabaoth e sua hoste tremeram e as bases do abismo sacudiram-se e as águas agitaram-se em terror sobre a terra. Tão grande era o brilho do arquétipo humano celestial que apareceu no céu que os regentes foram por ele cegados e não puderam agüentar seu poder. Desviaram os olhos e fixaram o reflexo da forma do homem, conforme essa aparecia nas águas abaixo.
Todos os regentes e seus servos, invejosos, correram para perto e, juntando seus poderes, fizeram uma réplica da imagem do homem celestial, mas seu trabalho era defeituoso e fraco, porque a força de Sophia não se encontrava ali. O homem falsificado era estúpido e insensato e se arrastava pela terra como um verme. Sophia, então, enviou vários mensageiros da luz e eles, secretamente, penetraram na mente de Yaldabaoth, fazendo-o respirar sobre a lamentável criatura, desse modo infundindo-lhe vida divina. O Demiurgo pensou que era ele quem tinha dotado o homem de luz, mas, na realidade, foi sua mãe Sophia quem deu à humanidade a verdadeira vida. E o homem ficou de pé, caminhou e foi circundado por uma luz não terrestre.
Yaldabaoth e sua hoste reconheceram que o homem era, de fato, um ser cujo poder espiritual e inteligência excediam o seu próprio. Cheios de inveja e raiva, eles atacaram o homem cujo nome era Adão e o lançaram em uma escura região da matéria, para lá definhar em tristeza e privação. Sophia, entretanto, em cooperação com os mais altos poderes da plenitude, enviou a Adão um auxiliar, para instruí-lo e assisti-lo com sabedoria e força espiritual. Esse auxiliar era uma mulher, conhecida como Eva, mas cujo verdadeiro nome é Zoe, que significa vida (a filha de Pistis-Sophia). O sábio espírito feminino penetrou em Adão e ficou escondido aí, para que os regentes não percebessem a sua presença.
Os regentes, então, conspiraram e elaboraram um plano no qual esperavam que o homem poderia cair, e permanecer cativo de seus desígnios. Eles criaram um jardim, cheio de belezas e delícias da terra, e colocaram Adão no meio dele, fornecendo-lhe todo o tipo de objeto agradável que pudesse desejar. Então eles mandaram Adão comer, pois o alimento do jardim é amargo e sua beleza é perversão, sua delícia é engano e suas árvores são iniqüidade, seu fruto é veneno incurável e sua promessa é morte.
As belezas e os prazeres oferecidos eram enganosos, corruptos e planejados para mantê-lo cativo dos regentes, sem vontade ou vida própria. Havia, também no jardim, uma outra árvore, mas eles proibiram Adão de tocar ou de comer do seu fruto. Eles o enganaram a respeito da árvore, lhe dizendo que sua raiz é amarga e seus ramos são morte, sua sombra é ódio e em sua folhagem está o engano, seu suco é o ungüento da perversidade, seu fruto é mortal e sua seiva é a cobiça; e que ela germina das trevas. Mas essa árvore era, na verdade, a inteligência-luz, a sabedoria. E dizendo tais coisas sobre ela, eles impediram Adão de ver sua plenitude e conhecer a Verdade, fazendo-o ficar preso naquilo que era realmente ruim, mas que diziam a Adão ser bom.
Mais uma vez Sophia e os poderes celestiais (na forma de uma serpente) foram em socorro de Adão e o instruíram a comer o fruto daquela árvore e desafiar o regente e seus anjos tirânicos. Ao mesmo tempo, a mulher nasceu de Adão, mas o chefe dos regentes a reconheceu como tendo a luz de Sophia e enfureceu-se. Ele a perseguiu por todo o jardim e, tendo-a subjugado, violentou-a e ela concebeu dois filhos dele, Caim e Abel. Porém, o espírito brilhante de sabedoria que habitava em Eva escapou e, assim, apenas seu aspecto humano foi violentado e não Zoe, o espírito vivo. Caim tornou-se mestre da terra e da água e dele descendem os homens e mulheres com inclinação para a matéria, ao passo que Abel comandou o ar e o fogo e se tornou o pai dos seres humanos que valorizam a alma e a mente. Mas Caim matou Abel e Adão percebeu o que o regente tirânico tinha feito e, tendo gerado um filho, Seth, com inclinações espirituais, ele se tornou pai daqueles que aspiram pelo conhecimento supremo (Gnosis) e por uma união com o Espírito.
Os anjos tirânicos, então, observaram, enfurecidos, que a humanidade seguia seu curso e não iria permanecer no paraíso dos tolos, onde queriam mantê-los cativos. O chefe dos regentes amaldiçoou então, toda a humanidade, especialmente a mulher. Entretanto, Eva deu à luz uma filha, chamada Norea, plena de sabedoria divina, que permaneceu na terra por muito tempo como uma ajudante da humanidade, porque era sábia e conhecia os esquemas e más obras dos anjos tirânicos.
Enquanto isso, os homens se multiplicaram, instruídos por Seth e Norea, muitos se voltaram ao conhecimento supremo, divino, assim, os regentes ficaram com poucos homens e mulheres que os aceitavam como deuses e seguiam suas leis. Furiosos, desejaram destruir a humanidade, então resolveram provocar um dilúvio. Norea, vendo o que eles iam fazer, instruiu um de seus filhos, Noé, para que ele construísse uma arca onde todos os puros pudessem ser salvos. Então ele, instruído por sua mãe, assim o fez.
Os anjos maus, então, assaltaram Norea, desejando violá-la com tinham feito com Eva, sua mãe, mas um grande anjo de luz chamado Eleleth a resgatou e lhe deu forças para continuar sua missão. Assim, com a ajuda de Norea, a partir de seu filho Noé, o esquema dos anjos tirânicos foi frustrado e a humanidade preservada.
Desde então, Yaldabaoth e seus anjos buscam dominar a raça humana, mesclando sua essência com a humanidade, corrompendo mulheres humanas, gerando, com elas, filhos imperfeitos. Assim, a humanidade tem vivido em conflito e divisão, pois o chefe dos regentes nela semeou cólera. A verdadeira sabedoria tornou-se rara e os filhos dos homens aprenderam coisas inúteis e mortas, seu conhecimento tornou-se mundano e corrupto. Repetidamente os regentes se reúnem para planejar o aprisionamento daqueles que não querem servi-los. Mascaram-se como mensageiros da luz, ou mesmo como o próprio Divino Inefável, exigindo obediência e adoração, iludindo profetas e videntes, elaborando leis e mandamentos, com os quais possam constranger os filhos dos homens. Mesmo assim a raça humana nunca foi deixada em abandono, Sophia nunca deixou de lutar por seus filhos, tendo depositado em todos os homens e mulheres, também, a sua luz e enviado em seu socorro seu mais iluminado mensageiro, Christós que, assumindo sua forma humana, Yehoshua (ou Yeshu), disseminou luz e sabedoria entre os homens, para que estes pudessem alcançar o Pleroma (Paraíso, Eternidade, Absoluto) e se libertar de Yaldabaoth.
(Mito gnóstico – autor desconhecido)
Glossário:

Aeon (gnosticismo)

Éoneãoeon ou ainda aeon significa, em termos latos, um enorme período de tempo, ou a eternidade. A palavra latina aeon, significa “para sempre”. Ela é derivada do grego αιών (aión), cujo um dos significados é “um período de existência” ou “vida”.

Significado

Platão usou a palavra aeon para denotar o mundo eterno das ideias, que ele concebia como se estivesse “atrás” do mundo perceptível, como demonstrado em sua famosa alegoria da caverna. Assim, em termos filosóficos ou em história da religião, no gnosticismo e no neoplatonismo, refere-se à entidade intermédia entre a divindade suprema e o mundo perceptível ao pensamento.

Em alguns sistemas gnósticos, as várias emanações do Ser Supremo, o Mônade, são chamadas aeons. Este Ser primordial também era um aeon e tinha um ser dentro de si mesmo chamado Ennoea (Pensamento), Charis (Graça), ou Sige (Silêncio). O ser perfeito dividido concebeu o segundo aeon, Caen (Poder) em si mesmo. Junto com o aeon masculino, Caen, veio o aeon feminino Akhana (Verdade, Amor).

Os aeons frequentemente aparecem em pares masculino/feminino chamados Sizígias e são bastante numerosos. Dois frequentemente listados são Jesus e Sophia. Juntos, os aeons constituem o Pleroma, a “região da Luz”. As regiões abaixo do pleroma estão mais perto da escuridão, como o mundo físico.

Quando o aeon chamado Sophia emanou sem o seu “aeon parceiro”, o resultado foi o Demiurgo, ou semi-criador (às vezes chamado de Yaldaboth nos textos gnósticos), uma criatura que nunca deveria ter existido. Ele nunca pertenceu ao pleroma, e o Uno emanou dois aeons, Cristo e o Espírito Santo, para salvar o homem do Demiurgo. Cristo então tomou a forma de homem, Jesus, para poder ensinar aos homens como adquirir a gnosis, e assim retornar ao Pleroma.

Pleroma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Pleroma (Grego πλήρωμα) geralmente se refere à totalidade dos poderes divinos. A palavra significa plenitude (do grego πληρόω, “Eu preencho”), comparável a πλήρης que significa “cheio”[1] e é usada em contextos teológicos cristãos, tanto Gnósticos quanto por Paulo de Tarso em Colossenses 2:9.

O Gnosticismo ensina que o mundo é controlado por Arcontes, dentre os quais está, segundo algumas versões do Gnosticismo,a divindade do Antigo Testamento, que mantém cativos alguns aspectos humanos, acidentalmente ou de propósito. O Pleroma celeste é a totalidade de tudo o que é considerado pela nossa compreensão como “divino”. O Pleroma é muitas vezes referido como sendo a luz que existe “acima” do nosso mundo, ocupado por seres espirituais que se emanaram do Pleroma. Estes seres são descritos como Aeons (seres eternos) e, algumas vezes, como Arcontes. Jesus é interpretado como um Aeon intermediário que foi enviado, juntamente com a sua contraparte Sophia (gnosticismo), do Pleroma. Com a ajuda deles, a humanidade seria capaz de recuperar o conhecimento perdido de suas origens divinas e assim recuperar a unidade com o Pleroma. O termo é, portanto, um elemento central da cosmologia religiosa Gnóstica.Pleroma no Gnosticismo

Textos Gnósticos enxergam o Pleroma como aspectos de Deus, o eterno Princípio Divino, que só pode ser parcialmente compreendido através do Pleroma. À cada Aeon (aspecto de Deus) é dado um nome (às vezes vários) e uma contraparte feminina (o Gnosticismo enxerga a divindade e a plenitude em termos da unificação masculino / feminino – veja Sizígia). O mito de criação Gnóstico continua contando como Sophia (Sabedoria) se separou do Pleroma e formou o Demiurgo, dando à luz assim ao mundo material.

Uso contemporâneo

Pleroma também é utilizado na língua grega em geral e pela Igreja Ortodoxa Grega, pois aparece na Epístola aos Colossenses. Proponentes da visão de que Paulo seria de fato um gnóstico, como Elaine Pagels da Universidade de Princeton, entendem que a referência na Epístola como algo a ser interpretado no sentido gnóstico.[2]

Carl Jung

Carl Jung utilizou a palavra no trabalho místico não publicado de 1916, Sete Sermões aos Mortos, que finalmente foi publicado em Resposta a Jó (1952) e depois num apêndice da segunda edição de sua autobiografia, Memórias, Sonhos, Reflexões (1962)[3]. De acordo com Jung, Pleroma é “ao mesmo tempo o tudo e o nada. É infrutífero pensar sobre o Pleroma. Nisto, tanto pensar quanto ser cessam, pois o eterno e o infinito não possuem atributos.

Neoplatonismo e Gnosticismo

John M. Dillon, no seu “Pleroma and Noetic Cosmos: A Comparative Study” (sem tradução em português) declara que o Gnosticismo importou o seu conceito de “reino ideal” ou Pleroma do conceito platônico de Cosmos e Demiurgo em Timeu e o conceito de Cosmos Noético de Fílon de Alexandria em contraste com o Cosmos estético. Para chegar nesta conclusão, ele contrasta o Cosmos Noético com passagens da Biblioteca de Nag Hammadi, onde os Aeons são expressados como pensamentos de Deus. Dillon afirma que o Pleroma é uma adaptação de idéias gregas, pois antes de Fílon não há nenhuma tradição judaica que aceite que o mundo material (ou Cosmos) foi baseado num mundo ideal que também existe.[4].

Demiurgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Demiurgo – é o grande artífice, o criador do Mundo inferior (ou material). É considerado o chefe dos Arcontes possuindo sabedoria limitada e imperfeita. Para os Neoplatónicos é o “Logos” – primeira manifestação do absoluto. Numa interpretação judaica é Jeová; para os cristãos é o Verbo conforme expresso no Evangelho segundo João. Para os maçons é oGrande Arquiteto do Universo.

O termo demiurgo provém do latim demiurgus, e este por sua vez do grego δημιουργός (dēmiourgós), literalmente “o que produz para o povo”, e foi originalmente um termo comum que designava qualquer trabalhador cujo ofício se faz de uso público: artistas, artesãos, médicos, mensageiros, advinhos etc, e no século V a.C. passou a designar certos magistrados ou funcionários eleitos. Platão o utilizou em seu diálogo Timeu, uma exposição sobre cosmologia escrita por volta de 360 a.C., onde o Demiurgo figura como o agente que, embora não seja o criador da realidade, organiza e modela a matéria caótica preexistente de acordo com modelos perfeitos e eternos.[1]

História

Segundo os Gnósticos, esta entidade seria o Deus do Velho Testamento da Bíblia. Este ente tem a arrogância típica dos que se acham onipotentes. Criador de tudo que conhecemos, acha que todos devem curvar-se a sua vontade: “Não terás outros deuses diante de mim” é seu lema.

No mito Gnóstico o Demiurgo foi gerado pelo eon Sophia após sua queda. Ao ser gerado, criou o mundo material com o objetivo de governar e aprisionar na matéria as partículas divinas provenientes de sua mãe (Sophia).

Querendo libertar as almas aprisionadas ao mundo material, Sophia rebela-se contra o Demiurgo, e o verdadeiro Deus Inefável envia aos homens o seu filho mais querido, o eon Christósou Cristo que desce ao mundo material com o objetivo de transmitir a “Gnosis” (conhecimento) às almas para que elas tenham consciência de sua identidade divina e partam para oPleroma libertando-se do jugo e da escravidão do Demiurgo.

Com o objetivo de impedir que isso ocorra, o Demiurgo cria inúmeras ilusões e prazeres materiais efêmeros para afastar as Almas de sua legítima parcela divina, de modo que estas estejam presas e sejam escravas do mundo material, tendo que sempre a ele retornar (reencarnação). O Demiurgo é o governante desta pequena Esfera de Vida onde reina absoluto.

O Demiurgo possui um povo eleito: os judeus. A estes se revelou e os têm como seu povo. Deu-lhes sua Lei (Lei de Moisés ou Torah) para a sua própria maldição: “Olho por olho, dente por dente“. Seu dia é sábado.

Possui vários nomes: Samael (deus cego), Yaldabaoth (criança do Caos), Saclas, Saturno, Cronos, etc. Sua consorte é o demônio feminino Nebruel, que ao se acasalar com ele, dá origem a doze eons.

No Evangelho Apócrifo de João, o demiurgo Yaldabaoth tem a aparência de uma cobra com rosto de leão e seus olhos são como relâmpagos faiscantes.

Arconte (gnosticismo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Arconte (Grego ἄρχων, pl. ἄρχοντες) é a palavra grega que significa “regente” ou “lorde”, frequentemente usada como título de um cargo público. O sufixo do verbo em sua forma masculina do tempo particípio presente, ρχ-, significando “reinar”, deriva da mesma raiz que “monarca”, “hierarquia” e “anarquia”.

Ao final antiguidade, o termo Arconte era utilizado no Gnosticismo para se referir aos servos do Demiurgo, o “deus criador” que estava entre a raça humana e o Deus transcendente que podia ser alcançado apenas através da gnosis. Neste contexto, eles tinha o papel de anjos e demônios do Antigo Testamento. Eles emprestam seu nome à seita chamada Arcônticos.

Arcontes Gnósticos

Hebdomad

Uma característica fundamental da concepção gnóstica do universo é o papel representado em quase todos os sistemas gnósticos pelos sete arcontes criadores-de-mundos, conhecidos por Hebdomad(ἑβδομάς). Certamente há exceções; por exemplo, Basílides acreditava na existência de um “grande arconte” chamado Abraxas que reinava sobre 365 arcontes[1]; no sistema Valentiano, os Sete são, de certa forma, substituídos pelos Aeons. Estes Sete, portanto, são poderes semi-hostis na maioria dos sistemas e são reconhecidos como as últimas e mais baixas emanações da Divindade; abaixo deles – e frequentemente considerado como derivado deles – vêm o mundo dos poderes demoníacos de fato.

A antiga astronomia ensinava que acima das sete esferas planetárias estava uma oitava, a esfera das estrelas fixas. Na oitava esfera, estes autores ensinam, vive a mãe a quem todos estes arcontes devem sua origem, Sophia ou Barbelo. Na língua destas seitas a palavra Hebdomad não se refere apenas aos sete arcontes, mas também às regiões celestes regidas por eles; enquanto Ogdóade (gnosticismo) é utilizado como o conjunto das sete com aquela supracelestial[2].

Os Ofitas aceitavam a existência destes sete arcontes[3]; uma lista quase idêntica é dada no livro Sobre a origem do mundo[4]:

  • Yaldabaoth, chamado também de SaclasSaklasSamael
    • Saturno.
    • Nome feminino: Pronoia (Premeditação) Sambathas, “semana”.
    • Profetas:[5] Moisés, Josué, Amós, Habacuque.
    • Do Hebreu yalda bahut (Tohu va bohu)[6], “Criança do Caos”? O mais externo que criou os seis outros e portanto o regente chefe e Demiurgo par excellence. Chamado o “Cara de Leão”, leonteides, similar ao Mitraico Leontocephaline.
  • Iao
    • Júpiter.
    • Nome feminino: Senhora.
    • Profetas: Samuel, Natã, Jonas (profeta), Miqueias.
    • Talvez de Yahu, Yahweh, Mas também possivelmente do grito mágico iao nos Mistérios.
  • Sabaoth
    • Marte.
    • Nome feminino: Divindade.
    • Profetas: Elias (profeta), Joel, Zacarias.
    • O título “Senhor dos Exércitos” no Antigo Testamento era entendido como um nome próprio, daí Jupiter Sabbas (Yahweh Sabaoth).
  • Astaphanos, ou Astaphaios
    • Vênus.
    • Nome feminino: Sophia (Sabedoria).
    • Profetas: Esdras, Sofonias.
    • Astraphaios é sem dúvida o planeta Vênus, pois gemas gnósticas com a figura feminina e a legenda ASTAPHE, cujo nome é também usado em encantos mágicos como o nome de uma deusa.
  • Adonaios
    • O Sol.
    • Nome feminino: Realeza.
    • Profetas: Isaías, Ezequiel, Jeremias, Daniel (profeta).
    • Do termo hebraico para “o Senhor”, usada referenciando Deus;Adônis dos Sírios representando o sol de Inverno na tragédia cósmica de Tamuz. No sistema Mandeano, Adonaios representa o Sol.
  • Elaios, ou Ailoaios, ou às vezes Ailoein
    • Mercúrio.
    • Nome feminino: Inveja.
    • Profetas: Tobias, Ageu.
    • De Elohim, God (El).
  • Horaios
    • A Lua.
    • Nome feminino: Riqueza.
    • Profetas: Miqueias, Naum.
    • De Jaroah? ou “luz”? ou Horus?

Na forma helenizada do Gnosticismo ou todos ou alguns destes nomes foram substituídos por vícios personalizados. Authadia (Authades), ou Audácia, é uma descrição óbvia de Yaldabaoth, o presunçoso Demiurgo, que tem a cara-de-leão assim como o arconte Authadia. Dos arcontes Kakia, Zelos, Phthonos, Errinnys, Epithymia, o último obviamente representa Vênus. O número sete é obtido colocando um proarconte ou arconte chefe no comando. Que estes nomes são apenas um disfarce para a “Sancta Hebdomas” é claro, pois Sophia, a mãe deles, retém o nome de Ogdóade, Octonatio. Ocasionalmente (por exemplo, entre os Naassenos) encontra-se o arconte Esaldaios, que é evidentemente El Shaddai(Deus todo-poderoso) da Bíblia, e ele é descrito como o arconte “número quatro” (harithmo tetartos).

No sistema dos Gnósticos mencionado por Epifânio de Salamis podemos encontrar como os Sete Arcontes:

  • Iao
  • Saklas (o principal demônio do Maniqueísmo)
  • Seth (ou Sete)
  • David
  • Eloiein
  • Elilaios (provavelmente “En-lil”, o “Baal” de Nippur, o antigo deus da Babilônia)
  • Yaldabaoth (ou número 6 Yaldaboath, número 7 Sabaoth)

O último livro de Pistis Sophia contém o mito da captura dos arcontes rebeldes, cujos líderes aparecem como um quinteto[7]:

  • Paraplex
  • Hécate
  • Ariouth (femininas)
  • Tifão
  • Iachtanabas (masculinos)

Arcontes Mandeanos

No Mandeísmo, encontramos uma concepção diferente e talvez mais primitiva dos Sete, de acordo com a qual eles, junto com sua mãe Namrus (Ruha) e seu pai (Ur), pertence, inteiramente ao mundo das trevas. Eles e sua família são vistos como prisioneiros do deus da luz (Manda-d’hayye, Hibil-Ziva), que os perdoa, os coloca em carruagens de luz, e os designa regentes do mundo[8].

Arcontes Maniqueístas

Os Maniqueístas prontamente adotaram o costume Gnóstico; e seus arcontes são invariavelmente seres malignos. Eles contam como o ajudante do Homem Primordial, o espírito da vida, capturou os arcontes malignos e os amarrou ao firmamento, ou de acordo com outro relato, os esfolou e formou o firmamento com susa peles[9]. Esta concepção está intimamente ligada ao Mandeísmo, embora nesta tradição o número “Sete” de arcontes se perdeu.

[editar]Origens

Como planetas

Ireneu de Lyon|Ireneu diz: “Sanctam Hebdomadem VII stellas, quas dictunt planetas, esse volunt.”. Portanto, é seguro considerar os sete nomes Gnósticos como designando as sete “estrelas”, o Sol, a Lua e os sete planetas. No sistema Mandeísta, os Sete são introduzidos com os nomes babilônicos dos planetas. A conexão dos Sete com os planetas é também claramente estabelecida pelas exposições de Celsus e Orígenes[10] e igualmente pelas páginas já mencionadas de Pistis Sophia, onde os arcontes, aqui mencionados como cinco, correspondem aos cinco planetas (sem o Sol e a Lua).

Assim, como em diversos outros sistemas, os restos dos sete planetários foram obscurecidos, mas dificilmente em algum tenha sido totalmente obliterado. O que chegou mais perto foi a identificação do Deus dos Judeus, o Legislador, com Yaldabaoth e sua designação como “criador do mundo”, enquanto que anteriormente os sete planetas juntos reinavam sobre o mundo. Contudo, essa confusão foi sugerida pelo fato de que ao menos cinco dos sete arcontes têm nomes de Deus do Antigo Testamento: El Shaddai, Adonai, Elohim, Jeovah e Sabaoth.

Wilhelm Anz (Ursprung des Gnosticismus, 1897) também apontou que a escatologia Gnóstica, que consiste na batalha da alma contra arcontes hostis na sua tentativa de alcançar oPleroma, tem íntima semelhança com a ascensão da alma na astrologia Babilônica, através dos reinos dos sete planetas até Anu. A religião Babilônica mais tardia pode ser definitivamente apontada como origem destas idéias[11].

No Zoroastrismo

Bundahishn nos conta sobre o conflito primordial de Satã contra o mundo-luz. Sete poderes hostis foram capturados e transformados em constelações nos céus onde eles eram vigiados por poderes estelares benéficos e impedidos de fazerem o mal. Cinco dos poderes malignos são os planetas, ainda que aqui o Sol e Lua obviamente não sejam reconhecidos como tais pela simples razão de que na religião oficial Persa eles apareciam invariavelmente como divindades benéficas[12]. É preciso notar também que os mistérios de Mitra, tão intimamente conectados com a religião persa, são familiares com esta doutrina da ascensão da alma pelas esferas planetárias[13]

Utilização

No Judaísmo e no Cristianismo

O Novo Testamento menciona diversas vezes a palavra “príncipe” (ἄρχων) “dos demônios” (δαιμονίων), ou “do [deste] mundo”, ou “do poder do ar”; mas não usa a plavra verdadeiramente em nenhum sentido cognato. No Levítico (LXX), Αρχων (uma única vez como οἱ Ἄρχοντες em Levítico 20:5) representa, ou melhor, traduz Molech. A verdadeira origem desta utilização porém é Daniel 10:13-21 (seis vezes na tradução de Teodócio; uma claramente na LXX), onde o arconte (שַׂ֣ר, “príncipe”) é anjo patrono de uma nação (“Espírito Territorial”) da Pérsia,Grécia ou Israel; um nome lhe foi dado apenas no último caso (Miguel).

O Livro de Enoque (vi. 3, 7; viii. 1) denomina 20 “arcontes dentre os” 200 anjos “vigilantes” que pecaram com as “filhas dos homens”, como aparece em um fragmentos gregos. O título não é de fato utilizado absolutamente (τ. ἀρχόντων αὺτῶν, Σεμιαζᾶς, ὁ ἄρχων αὐτῶν, bis: conforme ἱ πρώταρχος αὐτῶν Σ.), exceto talvez uma única vez (πρῶτος Ἀζαὴλ ὁ δέκατος τῶν ἀρχόντων), onde o Copta não tem correspondente: mas ele evidentemente acabou se tornando um nome próprio e pode explicar pelo uso peculiar de ἀρχή na Epístola de Tiago (Tiago 1:6).

Os Cristãos logo seguiram o precedente do Judaísmo. No século 2dC, o termo aparece em diversos escritores estranhos ao Gnosticismo. A Epístola de Diogneto (7) fala de Deus enviando aos homens “um ministro ou anjo ou arconte” etc. Justino [14] entende o comando em Salmos 24:7-9 (ἄρατε πύλας οἱ ἄρχοντες ὑμῶν na LXX) para abrir as portas do céu como endereçado “aos arcontes apontados por Deus nos céus”. O primeiro espúrio conjunto de epístolas de Inácio de Antioquia enumera “os seres celestes e a glória dos anjos e os arcontes visíveis e invisíveis” [15], e novamente “os seres celestes e as arrumações angélicas e as constituições arcônticas” (ou seja, ordem de províncias e funções), “coisas visíveis e invisíveis”[16]; o sentido sendo desconhecido no tempo do interpolador, que em um caso retira a palavra e em outros, dá a elas um sentido político. As Homilias Clementinas (I Clemente, II Clemente) adotam e estendem (ἐν ᾅδῃ . . . ὁ ἐκεῖ καθεστὼς ἄρχων)[17] o uso do Novo Testamento; e ainda chamam os dois “poderes” bom e mau (“esquerda e direita”), que controlam o destino de cada homem, “regentes” (arcontes[18]), embora mais frequentemente “líderes” (ἡγεμόνες).

Referências

  1. Ireneu. Adversus Haereses. [S.l.: s.n.]. vol. i.24. em inglês
  2. Clemente de Alexandria. Stromata (em inglês). [S.l.: s.n.]. vol. IV.25.xxv.
  3. Orígenes. Contra Celsum. [S.l.: s.n.]. vol. vi.31. em inglês
  4. ↑ Para “nomes femininos”, veja Robinson, James M.. The Nag Hammadi Library, revised edition. San Francisco: HarperCollins, 1990. Capítulo: On the Origin of the World, translated by Hans-Gebhard Bethge and Bentley Layton,. Para planetas, Wikisource-logo.svg “Gnosticism” na edição de 1913 da Catholic Encyclopedia (em inglês)., uma publicação agora emdomínio público.
  5. ↑ “Adicionalmente, eles distribuem os profetas da seguinte maneira…. Cada um destes, então, glorifica seu próprio pais e Deus, eles mantém que Sophia, ela própria tendo também dito muitas coisas através deles em relação ao primeiro Anthropos (homem), à respeito de Cristo que está acima, portanto advertindo e lembrando os homens da luz incorruptível, o primeiro Anthropos, e da vinda de Cristo.” (Ireneu. Adversus Haereses. [S.l.: s.n.]. vol. i. 30., em inglês)
  6. ↑ Frase de Gênesis 1:2 da bíblia em hebraico e que geralmente é traduzida como “sem forma e vazio” (caos), que era a condição da criação antes de Deus dizer “Faça-se a Luz”.
  7. ↑ Schmidt, Koptisch-gnostische Schriften, p. 234 seq. Estas idéias podem provavelmente ser encontradas mais antigamente e talvez estejam por trás da exposição de Paulo emColossenses 2:15.
  8. ↑ Conforme principalmente Genza, em Tractat 6 and 8; W. Brandt, Mandäische Schriften, 125 e seguintes e 137 e seguintes; Mandäische Religion, 34 e seguintes da Wikisource-logo.svg “Gnosticism”. Encyclopædia Britannica (11th). (1911). , Volume 12, página 154 – em inglês
  9. ↑ F. C. Baur, Das manichäische Religionssystem, v. 65 da Wikisource-logo.svg “Gnosticism”. Encyclopædia Britannica (11th). (1911). , Volume 12, página 154 – em inglês
  10. Orígenes. Contra Celsum. [S.l.: s.n.]. vol. vi.2. em inglês
  11. ↑ Zimmern, Keilinschriften in dem alien Testament, ii. p. 620 e seguintes.; conforme particularmente Diodorus. Bibliotheca Historica. [S.l.: s.n.]. vol. ii., capítulo 30
  12. ↑ Conforme idéias similares no tratado árabe sobre a religião Persa Vullers. ‘Fragmente über die Religion Zoroasters’Ulema-i-Islam. [S.l.: s.n.]., página 49, e em outras fontes posteriores sobre a religiação persa, unificadas em Spiegel. ‘Eranische Altertumskunde’. [S.l.: s.n.]. vol. ii., página 180
  13. Orígenes. Contra Celsum. [S.l.: s.n.]. vol. vi.22. em inglês
  14. Justino. Dialogue with Trypho. [S.l.: s.n.]. capítulo 36 – em inglês
  15. Inácio de Antioquia. Ad Smyrnaean. [S.l.: s.n.]. capítulo 6
  16. Inácio de Antioquia. Ad Trallian. [S.l.: s.n.]. capítulo 5
  17. Clemente de Roma. The Clementine Homilies. [S.l.: s.n.]. vol. xi.10.
  18. Clemente de Roma. The Clementine Homilies. [S.l.: s.n.]. vol. vii.3.

Bibliografia

  • A Greek-English Lexicon (conhecido também como “Liddell and Scott”). [S.l.: s.n.]. ISBN 0198642261
  • The Oxford Companion to Classical Literature. [S.l.: s.n.]. ISBN 0198661215
  • Este artigo se utiliza de textos de A Dictionary of Christian Biography, Literature, Sects and Doctrines, Being a Continuation do “The Dictionary of the Bible” por William Smith (Lexicógrafo) e Henry Wace

………………..

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

FacebookTwitterGoogle+EmailShare

You may also like...

314 Responses

  1. 18/03/2014

    testy z angielskiego

    Pretty nice opfpdd post. I simply stumbled upon your blog and wished to say that I’ve really enjoyed surfing around your weblog posts. In any case I’ll be subscribing to your feed and I’m hoping you write again soon!

  2. 18/03/2014

    trackback

    The strategies described in this article about to increase traffic at you own blog are actually pleasant, thanks for such fastidious piece of writing.

  3. 19/03/2014

    vitamin B3

    […]we came across a cool website that you just might enjoy. Take a appear should you want[…]

  4. 19/03/2014

    Title

    This is my Excerpt

  5. 19/03/2014

    The Ships’s Voyages

    I believe technological innovation just makes it worse. Now there’s a channel to never care, now there will not likely be considered a possibility for them to find.

  6. 19/03/2014

    Another Title

    I saw this really good post today.

  7. 19/03/2014

    Healing’s Dragon

    to seek out problems to improve my site!I suppose its alright to help make use of a couple of of your respective ideas!!

  8. 19/03/2014

    The Slave of the Husband

    Trying to find ahead to learning more from you afterward!…

  9. 19/03/2014

    furtki PCV

    I am really enjoying pdortd the theme/design of your weblog. Do you ever run into any browser compatibility problems? A small number of my blog audience have complained about my website not working correctly in Explorer but looks great in Opera. Do you…

  10. 19/03/2014

    Hd Pictures

    […]Wonderful story, reckoned we could combine some unrelated information, nonetheless really really worth taking a appear, whoa did 1 find out about Mid East has got far more problerms as well […]

  11. 19/03/2014

    Souls in the Waves

    Good Early morning, I just stopped in to go to your internet site and believed I would say I liked myself.

  12. 19/03/2014

    Thorn of Girl

    Superb facts is often identified on this website blog.

  13. 20/03/2014

    Healing’s Dragon

    to uncover concerns to improve my internet site!I suppose its okay to create utilization of some of your concepts!!

  14. 20/03/2014

    The Slave of the Husband

    Trying to find ahead to finding out more from you afterward!…

  15. 20/03/2014

    trackback

    Hi there, yes brother there are of course many blogging websites, however I suggest you to use GoogleГ­s without charge blogging services.

  16. 20/03/2014

    ogrodzenia

    Thanks for the pdotkf recommendations shared on your blog. Something else I would like to express is that weight reduction is not information on going on a celebrity diet and trying to lose as much weight as possible in a few days. The most effective w…

  17. 20/03/2014

    The Ships’s Voyages

    I think know-how just can make it even worse. Now there is a channel to never ever care, now there won’t be considered a probability for them to discover.

  18. 21/03/2014

    trackback

    I am John, how are you everybody? This piece of writing posted at this website is really pleasant.

  19. 21/03/2014

    Whispering Misty

    So sorry you are going to pass up the workshop!

  20. 21/03/2014

    trackback

    Hi every one, here every one is sharing these kinds of knowledge, so itГ­s good to read this weblog, and I used to pay a visit this blog everyday.

  21. 21/03/2014

    trackback

    YouTube is world’s largest video sharing site, no one can defeat it. Every one add videos at YouTube then get embed code and post everywhere.

  22. 21/03/2014

    The Birch of the Shadow

    I feel there may well be a couple of duplicates, but an exceedingly helpful record! I have tweeted this. A lot of thanks for sharing!

  23. 21/03/2014

    Easy money

    […]Wonderful story, reckoned we could combine some unrelated information, nevertheless really really worth taking a appear, whoa did one master about Mid East has got additional problerms also […]

  24. 21/03/2014

    trackback

    Fantastic website. Plenty of useful info here. I am sending it to a few pals ans additionally sharing in delicious. And of course, thank you for your sweat!

  25. 21/03/2014

    transmisje w internecie

    I’m not sure v exactly why but this blog is loading incredibly slow for me. Is anyone else having this problem or is it a problem on my end? I’ll check back later and see if the problem still exists.

  26. 21/03/2014

    horoskopy

    My partner and I stumbled gbnssa over here from a different web address and thought I should check things out. I like what I see so now i am following you. Look forward to looking at your web page again.

  27. 21/03/2014

    Promanus adwokat

    Hey, you jfgdos used to write fantastic, but the last few posts have been kinda boring… I miss your great writings. Past several posts are just a little bit out of track! come on!

  28. 21/03/2014

    gry za darmo

    Good post bfkdops. I learn one thing more challenging on completely different blogs everyday. It would all the time be stimulating to read content material from other writers and practice a bit something from their store. I’d choose to make use of some…

  29. 21/03/2014

    projektowanie stron internetowych

    You made some kdgsopa decent points there. I did a search on the subject and found most guys will approve with your blog.

  30. 21/03/2014

    Online Article…

    […]The information mentioned in the article are some of the best available […]…

  31. 22/03/2014

    trackback

    What’s up, the whole thing is going perfectly here and ofcourse every one is sharing information, thatГ­s in fact fine, keep up writing.

  32. 22/03/2014

    Third Flower

    My spouse and that i happen to be now delighted that Albert could execute his research thanks to the thoughts he had by way of your web page. It’s on occasion perplexing to just constantly be giving freely steps which a number of people might have bee…

  33. 22/03/2014

    Jacinda Scheidel

    My coder ncvisac is trying to convince me to move to .net from PHP. I have always disliked the idea because of the costs. But he’s tryiong none the less. I’ve been using Movable-type on several websites for about a year and am nervous about switching…

  34. 22/03/2014

    Alana Fentress

    It’s really a haodjm great and useful piece of info. I’m glad that you shared this helpful information with us. Please keep us up to date like this. Thanks for sharing.

  35. 22/03/2014

    The Slave of the Husband

    Trying to get ahead to researching further from you afterward!…

  36. 22/03/2014

    Sergio Melville

    There are some fkewfs attention-grabbing time limits on this article however I don’t know if I see all of them heart to heart. There is some validity but I will take hold opinion until I look into it further. Good article , thanks and we wish extra! Ad…

  37. 22/03/2014

    Youlanda Goranson

    Hey there! Do norasdxz you know if they make any plugins to protect against hackers? I’m kinda paranoid about losing everything I’ve worked hard on. Any tips?

  38. 22/03/2014

    Perry Viscia

    One other thing fosopsa is that an online business administration training course is designed for learners to be able to smoothly proceed to bachelor’s degree education. The Ninety credit education meets the lower bachelor diploma requirements so when…

  39. 22/03/2014

    Larraine Hubertz

    I truly appreciate lsmdqs this post. I’ve been looking all over for this! Thank goodness I found it on Bing. You have made my day! Thanks again

  40. 22/03/2014

    Preston Perchinski

    An interesting kjwefs dialogue is value comment. I feel that you must write more on this topic, it might not be a taboo subject but typically persons are not enough to talk on such topics. To the next. Cheers

  41. 22/03/2014

    Alaina Hintzen

    I just added this kenlasz blog site to my rss reader, great stuff. Can’t get enough!

  42. 22/03/2014

    The Slave of the Husband

    In search of in advance to learning further from you afterward!…

  43. 22/03/2014

    The Silent Shard

    This will likely possibly be really beneficial for a few within your employment I decide to will not only with my weblog but

  44. 22/03/2014

    iUnlox – Official iPhone IMEI Factory Unlocking Service

    Are you trying to find a way to unlock your iPhone 5 permanently with an official iPhone carrier unlock? Unlock any model of iPhone with any type of firmware. iPhone Network unlocks are permanent, processed by Apple, completed in iTunes and do not ruin…

  45. 23/03/2014

    The Ships’s Voyages

    I think engineering just can make it worse. Now there’s a channel to under no circumstances care, now there won’t become a likelihood for them to find.

  46. 23/03/2014

    Woman of Alien

    Best perform you might have performed, this page is really great with excellent facts. Time is God’s means of trying to keep anything from taking place at once.

  47. 23/03/2014

    residences

    to find difficulties to boost my site!I suppose its okay to create utilization of a handful of of your ideas!!

  48. 23/03/2014

    Nicky Dummermuth

    Thanks for your kenlasz publication. One other thing is that often individual states have their own laws of which affect people, which makes it very difficult for the our elected representatives to come up with a whole new set of recommendations concer…

  49. 23/03/2014

    Kelvin Suby

    Thanks for the kenlasz tips you discuss through this web site. In addition, quite a few young women who become pregnant never even try to get health care insurance because they are full of fearfulness they couldn’t qualify. Although some states at thi…

  50. 23/03/2014

    Third Flower

    My wife and that i are now delighted that Albert could carry out his scientific tests because of the concepts he had through your web content. It is actually once in a while perplexing to only constantly be making a gift of techniques which lots of peo…

  51. 23/03/2014

    iUnlox – Official iPhone IMEI Factory Unlocking Service

    Are you trying to find a way to unlock your iPhone 5s permanently with an official factory unlock? Unlock any iPhone using any release of iOS. Network iPhone unlocks are permanent, processed by Apple, completed in iTunes and do not ruin your warranty.

  52. 23/03/2014

    Souls in the Waves

    Great Early morning, I just stopped in to visit your web site and imagined I’d say I experienced myself.

  53. 24/03/2014

    Whispering Misty

    So sorry you’ll pass up the workshop!

  54. 24/03/2014

    Gems form the internet

    […]very few websites that happen to be detailed below, from our point of view are undoubtedly well worth checking out[…]…

  55. 24/03/2014

    Youlanda Goranson

    My programmer kenlasz is trying to convince me to move to .net from PHP. I have always disliked the idea because of the expenses. But he’s tryiong none the less. I’ve been using Movable-type on a variety of websites for about a year and am anxious ab…

  56. 24/03/2014

    The Silent Shard

    This may in all probability be pretty handy for a few of your employment I decide to never only with my web site but

  57. 25/03/2014

    Thorn of Girl

    Great facts might be uncovered on this web blogging site.

  58. 25/03/2014

    Souls in the Waves

    Great Early morning, I just stopped in to go to your internet site and believed I’d say I liked myself.

  59. 25/03/2014

    Thorn of Girl

    Great facts might be found on this website blog site.

  60. 25/03/2014

    watch online movies

    Not surprisingly, I will continue to go to the internet site for new updates on this big and also other issues useful.

  61. 25/03/2014

    The Ships’s Voyages

    I believe know-how just makes it even worse. Now there’s a channel to never treatment, now there wouldn’t be a prospect for them to find.

  62. 25/03/2014

    The Ships’s Voyages

    I believe technological innovation just can make it even worse. Now there is a channel to hardly ever treatment, now there will not likely be considered a possibility for them to discover.

  63. 25/03/2014

    Shane Schuur

    Wow! Thank you! I kenlasz permanently needed to write on my blog something like that. Can I include a fragment of your post to my website?

  64. 25/03/2014

    Like it

    Assume that you are working as a computer technician for a company with a large network. You are assigned to determine what is wrong with an employee? s computer and repair it. You suspect that the computer is not properly connected to the network. Des…

  65. 25/03/2014

    The Birch of the Shadow

    I think there might be considered a handful of duplicates, but an exceedingly useful list! I’ve tweeted this. Many thanks for sharing!

  66. 25/03/2014

    Healing’s Dragon

    to locate difficulties to improve my web site!I suppose its okay to make use of a handful of of your concepts!!

  67. 25/03/2014

    Sergio Melville

    An interesting xncids dialogue is worth comment. I feel that you should write more on this topic, it may not be a taboo subject but typically persons are not enough to speak on such topics. To the next. Cheers

  68. 25/03/2014

    Ofelia Reigh

    A further xncids issue is that video gaming became one of the all-time most significant forms of entertainment for people of all ages. Kids play video games, and adults do, too. The actual XBox 360 is amongst the favorite gaming systems for folks who l…

  69. 25/03/2014

    Larraine Hubertz

    Hello! Do xncids you know if they make any plugins to safeguard against hackers? I’m kinda paranoid about losing everything I’ve worked hard on. Any tips?

  70. 25/03/2014

    The Slave of the Husband

    In search of in advance to learning extra from you afterward!…

  71. 25/03/2014

    The Silent Shard

    This can possibly be really practical for some of the work opportunities I decide to will not only with my blogging site but

  72. 25/03/2014

    mobile monitoring

    […]Wonderful story, reckoned we could combine a number of unrelated information, nonetheless actually really worth taking a search, whoa did one learn about Mid East has got a lot more problerms as well […]

  73. 26/03/2014

    beach wedding gowns davids bridal

    I believe there may well become a several duplicates, but an exceedingly handy record! I have tweeted this. Lots of thanks for sharing!

  74. 26/03/2014

    The Slave of the Husband

    Trying to get in advance to learning further from you afterward!…

  75. 26/03/2014

    Healing’s Dragon

    to uncover difficulties to improve my web site!I suppose its ok for making usage of a couple of of the ideas!!

  76. 26/03/2014

    trackback

    Someone necessarily lend a hand to make seriously articles I’d state. That is the very first time I frequented your web page and thus far? I surprised with the analysis you made to make this particular submit amazing. Magnificent task!

  77. 26/03/2014

    The Silent Shard

    This will likely almost certainly be very handy for many of your positions I plan to you should not only with my blog site but

  78. 26/03/2014

    Websites worth visiting

    […]here are some links to sites that we link to because we think they are worth visiting[…]…

  79. 26/03/2014

    Irvin Heroth

    There are some xncids fascinating time limits on this article however I don’t know if I see all of them center to heart. There may be some validity however I will take hold opinion till I look into it further. Good article , thanks and we would like ex…

  80. 26/03/2014

    The Silent Shard

    This could likely be rather helpful for a few of the jobs I want to really don’t only with my blog but

  81. 27/03/2014

    188bet

    Awesome weblog!

  82. 27/03/2014

    auto body irvine

    Thank you for generating my private students have access to your webpage post.

  83. 27/03/2014

    Shane Schuur

    I have taken note that xncids of all sorts of insurance, health insurance coverage is the most controversial because of the turmoil between the insurance policy company’s need to remain making money and the user’s need to have insurance policies. Ins…

  84. 27/03/2014

    Real Estate

    Thank you for producing my individual students have access to your internet site post.

  85. 28/03/2014

    seovolución

    Thank you for generating my private students have access for your internet site post.

  86. 28/03/2014

    usedcars

    […]Sites of interest we’ve a link to[…]

  87. 28/03/2014

    Demetrius Gesell

    Superb blog! vnkaaa Do you have any suggestions for aspiring writers? I’m hoping to start my own blog soon but I’m a little lost on everything. Would you suggest starting with a free platform like WordPress or go for a paid option? There are so many…

  88. 28/03/2014

    Tempie Morrow

    Oh my goodness! cvnsjss a tremendous article dude. Thank you Nevertheless I am experiencing problem with ur rss . Don’t know why Unable to subscribe to it. Is there anybody getting similar rss downside? Anyone who knows kindly respond. Thnkx

  89. 28/03/2014

    good sci fi books

    […]Sites of interest we’ve a link to[…]

  90. 28/03/2014

    The Silent Shard

    This can probably be quite beneficial for some of one’s work I intend to don’t only with my weblog but

  91. 28/03/2014

    Alaina Hintzen

    One thing ckvnwew I’d prefer to reply to is that fat reduction plan fast can be performed by the suitable diet and exercise. Someone’s size not only affects the look, but also the complete quality of life. Self-esteem, depressive disorder, health ris…

  92. 28/03/2014

    Rusty Benckendorf

    Would you be vnsihgw inquisitive about exchanging hyperlinks?

  93. 28/03/2014

    miust

    […]although internet sites we backlink to beneath are considerably not related to ours, we feel they may be basically worth a go via, so have a look[…]

  94. 28/03/2014

    Orlando Pucket

    Hi there! I hfgpasa know this is somewhat off topic but I was wondering if you knew where I could find a captcha plugin for my comment form? I’m using the same blog platform as yours and I’m having problems finding one? Thanks a lot!

  95. 28/03/2014

    Wilmer Uram

    I believe ksdfsasa that is among the so much important info for me. And i’m satisfied studying your article. But wanna remark on some general things, The site taste is ideal, the articles is really great : D. Good process, cheers

  96. 29/03/2014

    …scarab13.com: More Informations on that topic

    […]Greetings! Very helpful advice in this particular article! It is the little changes which will make the greatest changes. Thanks a lot for sharing![…]

  97. 29/03/2014

    Orange County Book Marketing

    […]here are some links to web-sites that we link to simply because we consider they may be really worth visiting[…]

  98. 29/03/2014

    Maryjane Wigdor

    After examine oasjdasd a few of the blog posts on your web site now, and I really like your manner of blogging. I bookmarked it to my bookmark web site record and will likely be checking back soon. Pls check out my site as effectively and let me know w…

  99. 29/03/2014

    Irvin Heroth

    I have not checked giahsif in here for a while because I thought it was getting boring, but the last few posts are good quality so I guess I will add you back to my daily bloglist. You deserve it my friend :)

  100. 29/03/2014

    Funny

    Any recomendations on how to start a blog for teens?

  101. 29/03/2014

    Revitol Buttock Cream

    This is a topic that is close to my heart… Thank you! Where are your contact details though?

  102. 30/03/2014

    torrent

    I’ve got some ongoing tasks and I wanted all these students help me with it.

  103. 30/03/2014

    Hypercet Blood Pressure Formula

    You should be a part of a contest for one of the most useful websites on the internet. I’m going to recommend this web site!

  104. 30/03/2014

    auto body shop irvine

    Is your theme custom made or did you download it from somewhere? A theme like yours having a couple of easy adjustements would really make my weblog stand out.

  105. 30/03/2014

    floor fitters london

    Thank you for making my individual students have access for your internet site post.

  106. 30/03/2014

    Hypercet Blood Pressure Formula

    Good article. I certainly love this site. Stick with it!

  107. 30/03/2014

    Title

    […]we came across a cool web-site that you could possibly get pleasure from. Take a look when you want[…]

  108. 31/03/2014

    Sources

    […]check below, are some totally unrelated websites to ours, however, they are most trustworthy sources that we use[…]…

  109. 31/03/2014

    Useful information for all

    Someone essentially lend a hand to make severely articles I might state. This is the very first time I frequented your website page and up to now? I amazed with the analysis you made to create this actual put up amazing. Great task!

  110. 31/03/2014

    Hypercet Blood Pressure Formula

    An interesting discussion is definitely worth comment. I think that you ought to write more about this topic, it might not be a taboo subject but generally folks don’t talk about these subjects. To the next! Many thanks!!

  111. 31/03/2014

    mini quad hire wiltshire

    I’ve got some ongoing projects and I wanted all these students help me with it.

  112. 31/03/2014

    Swindon Web Design

    Your kindness will be significantly appreciated.

  113. 31/03/2014

    marina one yacht club

    Trying to get forward to finding out more from you afterward!…

  114. 31/03/2014

    workout program to get lean

    They came across your web page as well as the content on it, specially this website post, seriously assisted them to come to great conclusions on factors we required to carry out.

  115. 31/03/2014

    Hypercet Blood Pressure Formula

    Pretty! This was an extremely wonderful article. Thank you for providing this information.

  116. 31/03/2014

    Lloyd Wiedenheft

    It’s oasjdasd onerous to seek out knowledgeable people on this matter, however you sound like you know what you’re speaking about! Thanks

  117. 31/03/2014

    Orlando Pucket

    Thanks for the fidikfsfd sensible critique. Me and my neighbor were just preparing to do a little research on this. We got a grab a book from our local library but I think I learned more from this post. I am very glad to see such great info being share…

  118. 31/03/2014

    The Absent Game

    Concerning me and my husband we have owned extra MP3 players over the years than I can count, which include Sansas, iRivers, iPods (basic & touch), the Ibiza Rhapsody, etc. But, the last few many years I’ve settled down to one line of gamers.

  119. 31/03/2014

    Sergio Melville

    I am usually dirotd to running a blog and i really appreciate your content. The article has really peaks my interest. I’m going to bookmark your website and preserve checking for new information.

  120. 31/03/2014

    Tempie Morrow

    I discovered your dirotd blog site on google and examine a number of of your early posts. Proceed to maintain up the excellent operate. I simply extra up your RSS feed to my MSN Information Reader. Searching for ahead to reading more from you later on!…

  121. 01/04/2014

    marina ocean one pompano beach florida

    I think there may possibly become a number of duplicates, but an exceedingly handy checklist! I have tweeted this. Numerous thanks for sharing!

  122. 01/04/2014

    trackback

    Amazing! Its really remarkable post, I have got much clear idea on the topic of from this post.

  123. 01/04/2014

    justin bieber

    […]Every when inside a while we pick out blogs that we read. Listed below would be the most up-to-date internet sites that we choose […]

  124. 01/04/2014

    this bounce house

    I’ve got some ongoing projects and I wanted all these students assist me with it.

  125. 01/04/2014

    Salicylic Acid

    […]one of our visitors not long ago encouraged the following website[…]

  126. 01/04/2014

    Кекс

    […]Here is a good Blog You may Come across Interesting that we Encourage You[…]

  127. 01/04/2014

    cheap goa hotel

    […]the time to read or stop by the material or internet sites we’ve linked to beneath the[…]

  128. 02/04/2014

    in home pet sitting in naples

    […]check beneath, are some totally unrelated internet websites to ours, having said that, they are most trustworthy sources that we use[…]

  129. 02/04/2014

    Shona Crespin

    Can I simply dirotd say what a relief to find someone who really is aware of what theyre speaking about on the internet. You definitely know the best way to convey a problem to gentle and make it important. Extra folks must learn this and perceive this…

  130. 02/04/2014

    in home pet sitter in naples

    […]just beneath, are a lot of absolutely not connected sites to ours, even so, they’re certainly worth going over[…]

  131. 02/04/2014

    Whispering Misty

    So sorry you may pass up the workshop!

  132. 02/04/2014

    How can Reiki healing help?

    Thank you for generating my individual students have access for your webpage post.

  133. 02/04/2014

    Hypercet Blood Pressure Formula

    You ought to be a part of a contest for one of the highest quality websites on the net. I most certainly will highly recommend this blog!

  134. 03/04/2014

    World Map

    […]although internet websites we backlink to below are considerably not related to ours, we feel they’re in fact worth a go as a result of, so possess a look[…]

  135. 03/04/2014

    temp street

    […]we came across a cool web site which you may well delight in. Take a search should you want[…]

  136. 03/04/2014

    The Silent Shard

    This tends to almost certainly be quite handy for many within your work opportunities I decide to do not only with my web site but

  137. 03/04/2014

    Block Party

    […]Here is a great Blog You might Discover Exciting that we Encourage You[…]

  138. 03/04/2014

    forgot windows 7 password

    […]Every once inside a whilst we pick out blogs that we read. Listed beneath would be the most recent web sites that we select […]

  139. 03/04/2014

    trackback

    I want to show my appreciation for your kind-heartedness giving support to all those that absolutely need help on the niche. Your personal commitment to passing the solution along ended up being certainly valuable and has continually made associates ju…

  140. 03/04/2014

    bounce house

    Thank you for creating my private students have access for your website post.

  141. 03/04/2014

    Superb website

    […]always a big fan of linking to bloggers that I love but don’t get a lot of link love from[…]…

  142. 04/04/2014

    http://www.youtube.com/watch?v=qsiQAemhbC8

    Is your theme custom created or did you download it from someplace? A theme like yours having a few simple adjustements would definitely make my blog stand out.

  143. 04/04/2014

    www-search.net

    Your kindness will likely be considerably appreciated.

  144. 04/04/2014

    insurancenear.com

    I’ve got some ongoing projects and I wanted all these students assist me with it.

  145. 04/04/2014

    Hypercet Blood Pressure Formula

    Hello there! This article couldn’t be written much better! Looking through this article reminds me of my previous roommate! He constantly kept preaching about this. I most certainly will forward this information to him. Pretty sure he’ll have a great…

  146. 05/04/2014

    Whispering Misty

    So sorry you are going to skip the workshop!

  147. 05/04/2014

    beat making software

    […]although internet websites we backlink to below are considerably not connected to ours, we feel they may be in fact worth a go as a result of, so possess a look[…]

  148. 05/04/2014

    Kanesha Passerino

    Thanks for the dirotd different tips shared on this blog. I have noticed that many insurance agencies offer prospects generous reductions if they prefer to insure multiple cars together. A significant variety of households have got several motor vehicl…

  149. 05/04/2014

    The Silent Shard

    This will likely likely be rather handy for some of your jobs I want to will not only with my weblog but

  150. 05/04/2014

    Maryjane Wigdor

    hello!,I like dirotd your writing very much! share we communicate more about your article on AOL? I need a specialist on this area to solve my problem. May be that’s you! Looking forward to see you.

  151. 05/04/2014

    Title

    […]we like to honor lots of other world wide web web sites around the web, even if they aren’t linked to us, by linking to them. Beneath are some webpages worth checking out[…]

  152. 05/04/2014

    buy instagram followers fast delivery

    Your kindness shall be significantly appreciated.

  153. 05/04/2014

    kundli matching

    Your kindness shall be drastically appreciated.

  154. 06/04/2014

    osteopath ryde

    Thank you for producing my personal students have access to your internet site post.

  155. 06/04/2014

    trackback

    All right you are right, actually PHP is a open source and its assist we can take free from any community forum or site since it takes place here at this site.

  156. 06/04/2014

    Mozella Keeneth

    I’ve got some ongoing tasks and I wanted all these students assist me with it.

  157. 06/04/2014

    Revitol Buttock Cream

    This website was… how do you say it? Relevant!! Finally I’ve found something that helped me. Cheers!

  158. 07/04/2014

    kaos macbeth freemason iluminati tom delonge

    […]that will be the end of this report. Right here you will discover some websites that we believe you will appreciate, just click the links over[…]

  159. 07/04/2014

    Healing’s Dragon

    to discover issues to improve my web-site!I suppose its alright to make use of a number of of one’s concepts!!

  160. 07/04/2014

    iUnlox – Official iPhone IMEI Factory Unlocking Service

    Are you trying to find a way to unlock your iPhone 4s officially with a permanent network unlock? Unlock any model of iPhone running any release of operating system. Official iPhone unlocks are permanent, processed by Apple, completed in iTunes and wil…

  161. 07/04/2014

    The Ships’s Voyages

    I feel technology just causes it to be worse. Now there’s a channel to never ever treatment, now there is not going to be a likelihood for them to find.

  162. 07/04/2014

    The Ships’s Voyages

    I believe technological innovation just can make it worse. Now there is a channel to under no circumstances care, now there will not likely become a prospect for them to find out.

  163. 07/04/2014

    Sharleen Romanson

    This really answered djdioxs my drawback, thank you!

  164. 07/04/2014

    Thorn of Girl

    Very good details could be identified on this internet web site.

  165. 07/04/2014

    The Slave of the Husband

    Seeking in advance to finding out further from you afterward!…

  166. 07/04/2014

    Ofelia Reigh

    Pretty djdioxs component of content. I just stumbled upon your blog and in accession capital to assert that I acquire in fact enjoyed account your blog posts. Anyway I’ll be subscribing in your augment and even I fulfillment you get admission to consta…

  167. 07/04/2014

    Tempie Morrow

    Thanks for the djdioxs ideas you have discussed here. Something important I would like to say is that laptop memory needs generally increase along with other innovations in the engineering. For instance, if new generations of processors are brought to…

  168. 08/04/2014

    The Absent Game

    Amongst me and my husband we’ve owned far more MP3 players through the years than I can count, which include Sansas, iRivers, iPods (classic & touch), the Ibiza Rhapsody, etc. But, the last few several years I’ve settled down to one line of players.

  169. 08/04/2014

    The Silent Shard

    This could almost certainly be fairly helpful for many of one’s work I plan to do not only with my weblog but

  170. 08/04/2014

    The Slave of the Husband

    Seeking forward to finding out additional from you afterward!…

  171. 08/04/2014

    Third Flower

    My wife and i are now delighted that Albert could execute his scientific tests as a result of the concepts he had by your website. It truly is from time to time perplexing to simply normally be giving away ways which a lot of people could have been sel…

  172. 08/04/2014

    The Slave of the Husband

    Searching for ahead to finding out further from you afterward!…

  173. 08/04/2014

    The Ships’s Voyages

    I believe engineering just can make it even worse. Now there’s a channel to in no way care, now there won’t be a probability for them to find out.

  174. 08/04/2014

    marina aurum aurum one residences penang

    Great Morning, I just stopped in to visit your website and believed I’d say I experienced myself.

  175. 08/04/2014

    singapore wedding photographers forum

    I think technological know-how just causes it to be even worse. Now there is a channel to under no circumstances care, now there wouldn’t become a possibility for them to discover.

  176. 08/04/2014

    Great post

    exellent post that you have to see

  177. 08/04/2014

    Etsuko Laglie

    What i don’t djdioxs understood is in fact how you’re now not really a lot more neatly-favored than you may be right now. You’re so intelligent. You recognize thus significantly when it comes to this subject, made me in my view consider it from so m…

  178. 08/04/2014

    Sergio Melville

    hello there and thank you djdioxs for your information – I have definitely picked up anything new from right here. I did however expertise several technical points using this site, since I experienced to reload the web site many times previous to I cou…